Já ouviu falar em tinta de silicato? Veja o que descobrimos para você!

Pensando em fazer alguma obra ou reforma na sua casa, apê ou comércio, mas ainda tem dúvidas sobre qual tinta irá usar? Neste artigo, separamos algumas perguntas e respostas que irão te ajudar a entender como a tinta de silicato pode ser uma excelente opção!

Se você pretende iniciar qualquer reforma, é certo que vai precisar de uma boa  tinta para dar aquela caprichada no acabamento. Embora o mercado de tintas ofereça muitas opções, quando falamos em preço e qualidade, ou seja, custo-benefício, poucas marcas valem a pena. E é neste ponto que o barato costuma sair mais caro do que o planejado.

Na hora da pesquisa, busque tintas que já usou antes, mas não deixe de pesquisar a tinta de silicato. Com vantagens que quase nenhuma outra oferece, como o fato de ser atóxica, sem cheiro e amigável à natureza, a tinta de silicato tem ganhado a simpatia nacional. E não é exagero prever que, em alguns anos, ela vai liderar o mercado.

Para tirar algumas dúvidas sobre esse tipo de tinta e te mostrar o quanto ela pode ser interessante para você, fizemos uma seleção de perguntas e respostas.

Boa leitura!

Qual é a diferença entre tinta de silicato e a tinta convencional?

A durabilidade e a resistência. A tinta mineral de silicato (ecossílica) tem como base de sua composição o silicato, que nada mais é do que vidro líquido – muito mais resistente e durável que a resina acrílica usada na tinta convencional. Além disso, a tinta convencional contém derivados de petróleo, alguns dos quais podem causar danos à saúde. Enquanto isso, na fabricação da tinta mineral, opta-se pelo uso de insumos amigáveis ao meio ambiente.

O acabamento da tinta de silicato é liso?

Sim. E após estar 100% seca, o acabamento tem a aparência fosca (sem brilho).

Existe tinta mineral de silicato com brilho?

Não. Somente acabamento fosco. Como a tinta mineral de silicato não utiliza derivados de petróleo, responsáveis pelo brilho, não é possível produzi-la com brilho. São escolhas! 😉

A tinta mineral de silicato é lavável?

Sim! A tinta mineral de silicato, também conhecida como ecossílica, é lavável, de fácil manutenção e não sai no pano de limpeza. Depois de aplicada, reage com a superfície e se funde a ela, tornando-se uma “super tinta”. A secagem inicial é rápida, cerca de 8h. Mas você só deve lavar após 28 dias de cura/reação.

Qual o rendimento da tinta de silicato?

Em reboco tradicional, cada balde de 18 litros pinta em média 130m² por demão. Como são recomendadas no mínimo duas demãos, cada balde com 18 litros rende cerca de 65m² de superfície/parede.

Posso aplicar tinta de silicato sobre madeira?

Esse tipo de tinta reage com a superfície. Por isso, ela é mais indicada para reboco, argamassa, gesso e outras superfícies com porosidade aberta. Quando bem seca, a tinta de silicato fica dura como pedra. Se estiver aplicada sobre madeiras (com seus movimentos naturais de contração e retração), ela pode rachar ou até se desprender. 

Portanto, não indicamos tinta mineral de silicato para madeiras, salvo em casos especiais – onde foram adotados ensaios prévios.

A tinta de silicato é realmente sustentável? 🌱

Sim. Ela é fabricada com insumos naturais e seus principais componentes são o silicato de potássio (vidro líquido) e minerais com alta dureza. Note: vidro e minerais, produtos atóxicos e sem os compostos orgânicos voláteis (VOC). Por isso, ela não tem cheiro!

A tinta de silicato é mais resistente que a tradicional?

Sim. Isso ocorre porque ela reage químicamente com o substrato onde é aplicada (parede, teto, etc.) e se funde ali. Além disso, ela possui alcalinidade natural muito elevada, evitando a formação de algas, fungos e bactérias. Mas o principal benefício é promover a respirabilidade das superfícies pintadas, permitindo ao vapor d’água sair da parede, deixando a construção seca e evitando os diversos problemas causados pela umidade.

Posso aplicar a tinta de silicato em áreas internas?

Sim. As tintas de silicato resistem às intempéries, algas, fungos e bactérias, e são usadas com sucesso em áreas externas e internas. Seu uso interno é importante porque elas não exalam nenhum cheiro – ideal para pessoas alérgicas, crianças e também aos pets. 🐱

A tinta mineral de silicato já vem pronta para uso?

A tinta mineral de silicato da Kröten Ecotintas já vem pronta para uso. Não precisa adicionar nada a mais. Se houver necessidade de acrescentar água para facilitar a aplicação, recomendamos até 10%, mas fica a critério do pintor. Ah, essas informações constam na embalagem.

Pode aparecer mofo na tinta de silicato?

Não é para aparecer! A tinta ecossílica não contém substâncias que servem de alimento para fungos ou bolores (temos um artigo sobre isso aqui). O que pode ocorrer é a deposição natural de resíduos orgânicos sobre a tinta e, esses sim, podem provocar mofo ou bolor. Mas realizando uma limpeza superficial, a tinta manterá sua integridade natural.

A tinta mineral de silicato da Kröten tem cheiro?

Não. Ela é produzida com matérias-primas sem cheiro. Portanto, o ambiente pintado pode ser utilizado com segurança por pessoas, animais e plantas logo após a secagem.

Qual a validade da tinta de silicato?

Em embalagem não aberta, 2 anos. Porém, como ela tem base mineral, desde que esteja bem fechada na embalagem original, pode chegar a 5 anos absolutamente estável. Observação: esses dados valem para a tinta mineral ecossílica da Kröten Ecotintas

A tinta de silicato é considerada tinta hospitalar?

Não. Embora ela seja sem cheiro, a tinta de silicato não pode ser considerada para uso hospitalar. Por exemplo, ela jamais deve ser usada em centros cirúrgicos ou similares – para isso, há tintas normatizadas. Em caso de dúvidas, consulte um especialista.

Quanto tempo precisa esperar secar o reboco para passar a tinta de silicato?

Com 7 dias já é possível iniciar a pintura. Para tintas tradicionais, o tempo de espera é de 28 dias. Qual é a razão dessa diferença? É que no caso da tinta de silicato, como ela permite a saída de vapores (é uma tinta “respirável”), o processo de carbonatação no reboco acontece naturalmente, sem prejuízo à tinta. Isso representa ganho de tempo à obra.

E aí, gostou das dicas? Sua pergunta foi respondida? Se ainda está com alguma dúvida, não se preocupe: deixe um comentário nesse post que nós responderemos. 😉

E se o tema te interessa, fica a dica para acessar o nosso blog.

Até a próxima! 👋

Vídeos Relacionados

2 comentários

  1. Ana narchi Responder

    Pode ser pintada sobre tinta tradicional que já estava previamente na parede?
    Em caso negativo , cómo proceder ?

    • admin Autor do postResponder

      Olá! Sim, pode ser aplicada sobre tinta existente. Editamos o artigo e incluímos um vídeo relacionado, que explica bem essa questão. Caso precise de alguma ajuda, podemos esclarecer melhor também pelo WhatsApp (47) 3395 0640. Obrigado pela leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *