Revestimento monocapa, saiba qual tinta usar

Já parou pra pensar qual seria a tinta ideal para monocapa? Muitas pessoas ficam na dúvida sobre qual é a melhor opção disponível no mercado. Mas temos uma pista: se a monocapa ajuda a reduzir os custos da obra, é interessante optar por uma tinta que também siga nessa mesma direção.

Neste caso, optar por uma tinta mineral de qualidade seria a saída. Além de manter sua obra de “cara de nova” por mais tempo, esse tipo de tinta reduz o gasto com manutenção – uma vez que sua durabilidade é bastante elevada quando comparada com outras mais comuns. 

Monocapa veio para fazer a diferença

Exemplo de revestimento monocapa

O sistema de aplicação com revestimento monocapa revolucionou o mercado da construção civil nos últimos tempos. Isso porque ele une duas funções primordiais numa obra, proteção e decoração.

Com ele, você “queima etapas” do sistema multicamadas (que inclui aplicação de chapisco, emboço, reboco e, por fim, pintura). É por isso que ele pode reduzir bastante o custo final da obra.

Monocapa é mais resistente

Por ter base cimentícia, a monocapa é muito resistente e pode ser aplicada diretamente sobre os blocos de concreto e de cerâmica, conferindo uma aderência perfeita. Como prova dessa resistência, muitos fornecedores chegam a oferecer garantia estendida quando procedimentos de manutenção são executados de acordo com as recomendações de fábrica.

monocapa

Dentro desses “procedimentos de manutenção” há a necessidade de revestir toda a área da monocapa com tinta. Mas atenção: não é recomendado a aplicação de tinta acrílica convencional ou emborrachada.

Tinta indicada para monocapa

Como dissemos anteriormente, a tinta mineral é a mais indicada para monocapa. Parte disso se deve ao fato dela ser produzida com matérias-primas similares, gerando total afinidade entre os produtos.

Profissionais da área asseguram que as tintas minerais têm as mesmas características químicas. Isso também explica a durabilidade muito maior quando comparada a um acrílico tradicional, mesmo o emborrachado.

Esse tipo de pintura, é utiliza comumente em em obras maiores, como prédios e condomínios. Como há uma movimentação de grande de pessoas e a decisão da definição de cor não está apenas na mão de uma pessoa, a escolha da  tinta ideal é fundamental. 

Além disso, quando utilizada uma tinta convencional, o cheiro acaba incomodando alguns moradores, que podem ter algum tipo de alergia, o que não ocorre com a Tinta Mineral para Monocapa.

 

Como fica o acabamento?

Como a tinta mineral e a monocapa têm muita afinidade “entre si”, o resultado final surpreende: há quase que uma fusão total dos dois elementos, formando um todo bastante harmônico. O acabamento é fosco, com um toque de sofisticação.

Como aplicar?

Para pintar sobre a monocapa, os aplicadores utilizam pistola, pois como se trata de uma superfície rugosa, fica difícil aplicar a tinta com rolo.

Combinar cores

O sistema monocapa geralmente é empregado em grandes áreas. Então, na aplicação das tintas, a melhor decisão é sempre pintar a área com a mesma cor da monocapa. Assim evita-se ter que fazer 2 demãos de tinta.

E fique tranquilo: a nomenclatura das cores de tinta são, via de regra, as mesmas utilizadas pelas grandes marcas de fabricantes de monocapa. Então, não haverá dificuldade na hora da compra de monocapa e tinta em cores iguais.

Catálogo de cores

Durabilidade da tinta mineral

Para ter maior durabilidade, as tintas minerais – ideais para monocapa – não são pigmentas nas máquinas dos sistemas tintométricos de lojas de tintas.

O processo é muito mais elaborado, desenvolvido especialmente para esse tipo de tinta, o que torna o produto, inclusive, mais resistentes ao sol.

Imagem: Mulher foto criado por master1305 – br.freepik.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *