4 dicas de como se livrar do mofo na parede

Mofo na parede é algo que incomoda bastante, concorda? Além da aparência ruim que ele traz (deixando o local com aspecto de envelhecido e mal cuidado), também pode trazer consequências desagradáveis para a saúde da sua família, como as famosas crises alérgicas!

Neste artigo, vamos te mostrar 4 dicas para você se livrar do mofo (caso já tenha alguma parede mofada) e, também, truques para que esse problema não volte a te incomodar.

Vamos nessa?! Boa leitura.

O que é o mofo?

Mofo é um nome “genérico” que damos aos fungos. Ele pode ocorrer em alimentos, couros, e até nas nossas roupas. Nas paredes, geralmente está ligado ao excesso de umidade ou à falta de ventilação adequada do ambiente

Parede mofada

Consequências do mofo para a saúde das pessoas

Infelizmente, o mofo traz consequências para a saúde das pessoas. Os problemas mais comuns relacionados a ambientes mofados são: quadros alérgicos de tosse, coriza, rinite, dentre outras enfermidades ligadas ao sistema respiratório. Mas não para por aí!

O mofo também pode ser prejudicial à sua pele e, em alguns casos, ser o responsável por desencadear transtornos de ordem psiquiátrica, como “depressão, ansiedade, problemas de atenção, falta de clareza mental e insônia”. Já sabia disso? 🤔

Mofo também prejudica os animais

Se faz tão mal para nós, humanos, imagina o que não pode causar aos nossos pets? Lembre-se: nem sempre os animais conseguem evitar os ambientes mofados… por isso, acabam ficando mais tempo expostos a tudo de ruim que os fungos podem causar.

Como se livrar do mofo na parede

Agora que você já sabe que mofo não combina com saúde, chegou a hora de descobrir como se livrar dele. Tente ver qual dessas soluções é a mais indicada para sua residência:

  • Vinagre branco – Misture 250 ml de vinagre branco com 1 colher de bicarbonato de sódio (faça isso em um recipiente fundo, pois a reação irá borbulhar). Depois, borrife a mistura sobre a superfície mofada. Espere o produto agir por cerca de 10 minutos e, em seguida, seque a área com um pano limpo. Se necessário, repita a operação.
  • Água oxigenada – Coloque uma colher de chá de água oxigenada em 250 ml de água. Misture bem a solução, coloque num borrifador e aplique sobre o mofo. Aguarde de 10 a 15 minutos e, depois, passe um pano seco para retirar as manchas da parede. Se o mofo for muito profundo, será necessária mais de uma aplicação.
  • Óleo de melaleuca – Outra alternativa natural é o óleo de melaleuca! Por ser um desinfetante natural, ele age contra o mofo! Anote a receita: 2 colheres (chá) do óleo e uma xícara de água morna. Misture muito bem (agite o recipiente) e pulverize a superfície onde deseja eliminar o mofo. No dia seguinte, com um pano úmido (ou embebido em vinagre), esfregue o local mofado e pronto! Isso deve ajudar!
  • Água sanitária – Finalmente, a boa e velha água sanitária. Ela também costuma ser muito eficiente na retirada de mofos. Se quiser potencializar a ação do produto, coloque 10 ml de água sanitária + 30 ml de algum “tira limo” da sua confiança. Passe no lugar afetado pelos bolores, aguarde alguns minutos e, depois, com um pano úmido, retire o excesso de produto. Repita até que o local fique 100% limpo.

O que fazer para o mofo não voltar

Mas será que há alguma forma de evitar o aparecimento do mofo? Sim. Há algumas coisas que você pode fazer para tornar o ambiente menos propício a mofar. A primeira delas é manter a casa sempre arejada: portas e janelas abertas, permitindo a troca constante do ar. A segunda é, sempre que possível, limpar as paredes com um pano seco ou umedecido. Para isso, pode usar aqueles mops articulados – ao invés de usar vassoura e pano.

Tinta mineral pode ser a solução

Se você notar que sua casa é um local propício ao mofo na parede, uma outra sugestão é apostar nas tintas minerais da Kröten Ecotintas, pois elas são resistentes a fungos e algas. Em caso de dúvida sobre qual seria a mais indicada para o seu caso, nossos consultores podem ajudar na escolha: (47) 99192-6700 ou [email protected]

Vale lembrar que as tintas minerais da Kröten obedecem a padrões europeus de qualidade e seguem critérios de produção que as colocam no hall dos produtos amigáveis ao meio ambiente. Gostou? Agora não faltammotivos para começar a usar Kröten Ecotintas!

Gostou desse artigo?

Foto: Geanderson Reis/Acervo Pessoal

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *